BARILOCHE - Neve - Esportes de neve - Turismo de neve

BARILOCHE +

Bariloche

BARILOCHE

San Carlos de Bariloche recebeu a carinhosa alcunha de “Brasiloche” dada a quantidade de brasileiros que visitam o destino desde os anos de 1970. A cidade de 130 mil habitantes está localizada ao norte da Patagônia, na região dos lagos andinos. Sua acidentada geografia, formada por montanhas margeadas por lagos glaciais, confere uma aparência cênica ao local. A exuberância natural somada a uma estação de esqui cheia de possibilidades resulta em um dos destinos mais democráticos da América do Sul. Ao colocar os pés em Bariloche, você logo perceberá que esqui e snowboard são pretextos para uma viagem incrível e que você não esquecerá tão cedo.

 

 

A fama de estação mais democrática do continente sul-americano é o que faz Bariloche ser bastante procurada por quem deseja desbravar a neve pela primeira vez. Além dos atrativos da montanha, a cidade proporciona caminhadas, visitas a museus e galerias de arte, oferece excelentes opções gastronômicas, vida noturna efervescente e lojas incríveis. Por isso, acaba sendo redundante afirmar que Bariloche é um destino perfeito para ser desfrutado em família, a dois ou em grupos de amigos. Apesar do turismo estudantil bombar na alta temporada, a cidade é tão estruturada que há possibilidades para os mais variados estilos, bolsos e faixas etárias.

 

 

Localizada na Cordilheira dos Andes, na divisa com o Chile, San Carlos de Bariloche está a 1,6 mil quilômetros de Buenos Aires e próxima dos centros de esqui Cerro Bayo, em Villa La Angostura, e Cerro Chapelco, em San Martín de los Andes. O nome Bariloche origina-se da palavra “ubdabis”, que no idioma dos índios mapuche – os primeiros habitantes da região – significa “o povo de trás da montanha”. E nada resume mais o local do que isso, pois por onde quer que você olhe, avistará picos nevados e belos lagos. Ócio e tédio não combinam com a cidade, que encanta à primeira vista e impressiona pela facilidade de acesso e farta rede hoteleira. As edificações mais antigas, influenciadas pelas arquiteturas austríaca e alemã dos anos 1920, são muito simpáticas e fazem de uma simples caminhada um show à parte.

 

 

ONDE FICA