PROGRAMAS IMPERDÍVEIS - Neve - Esportes de neve - Turismo de neve

PROGRAMAS IMPERDÍVEIS +

Whistler

PROGRAMAS IMPERDÍVEIS

Whistler conta com uma extensa programação de eventos. A agenda local contempla tanto quem deseja testar suas habilidades na neve quanto quem prefere programas menos radicais. Museus, galerias e festivais de cinema são algumas das muitas opções. E se ainda assim o visitante se sentir entediado, poderá alugar um 4X4 ou tomar a linha circular gratuita de ônibus para conhecer a vizinhança ou passar o dia em Vancouver, que fica a apenas uma hora e meia de carro.

 

 

Festival de Cinema de Whistler

Entre final de novembro e início de dezembro acontece o tradicional Whistler Film Festival, que já está em sua 16ª edição e que traz o melhor do cinema canadense. É possível adquirir os tíquetes do festival pelo site do evento.

Festival de Cinema de Whistler

 

Festival da Criança de Whistler

O Whistler Children’s Festival acontece anualmente em junho e é bastante aguardado pela garotada. A programação inclui workshops educativos, teatro, dança e performances musicais e de mágica.

Festival da Criança de Whistler

 

Whistler Museum

Aqui está a história local contada a partir da chegada dos desbravadores que povoaram o Canadá e das tribos indígenas que lá viveram. De antigas roupas de esqui a cocares indígenas, o acervo é impressionantemente vivo e bem preservado.

Whistler Museum

4333 Main Street (veja o mapa)

(604) 932-2019

Qui / 11:00 – 21:00 e Sex – Qua / 11:00 – 17:00

 

Audain Art Museum

Além da arquitetura do museu ser linda, lá você encontrará pinturas e esculturas de artistas do mundo todo. Um passeio imperdível para quem é chegado em um programa cultural.

Audain Art Museum

4350 Blackcomb Way (veja o mapa)

(604) 962-0413

Seg – Qua / 10:00 – 17:00

 

Peak 2 Peak Gondola

Este programa é obrigatório e imperdível! Você até pode dispensar os esquis ou o snowboard estando em Whistler, mas não deixe de desfrutar da vista panorâmica do trajeto que liga as montanhas Whistler e Blackcomb. Em uma rota de 11 minutos, você avista as geleiras, a flora e a fauna da cidade cujo cenário é digno de filmes de hollywood.

 

Whistler Olympic Park

O local sediou os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010 e, desde então, fica aberto ao público, seguindo uma agitada agenda esportiva. São 55 km de pistas de esqui e 20 km de caminhada na neve. O acesso é gratuito. Vale lembrar que os famosos arcos olímpicos permanecem lá e são bastante disputados para fotos.

Whistler Olympic Park

 

Whistler Sliding Centre

Sabe aquele trenó que percorre uma pista em altíssima velocidade e que só vemos nos Jogos Olímpicos de Inverno? Pois saiba que em Whistler é possível entrar num daqueles e deslizar a 125 km/h. Localizado no Vale Fitzsimmons, o Whistler Sliding Centre é diversão certa para quem procura adrenalina. Você poderá deslizar acompanhado por um profissional ou sozinho, na categoria skeleton.

Whistler Sliding Centre

Passeio de moto na neve

Este é um dos passatempos prediletos dos canadenses. Há motos menores para os pequenos também pilotarem. Eles certamente não esquecerão a experiência!

 

Passeio com raquete de neve

Desbravar Whistler e seus arredores acompanhado por guias simpáticos e divertidos é um belo programa!

 

Tube Park

É diversão para toda a família! Aqui você desliza ao longo de quase 500 metros em boias de lona emborrachada e, quando chegar lá embaixo, é só pegar o elevador para voltar ao topo.

 

Explore Vancouver

Vancouver é “figurinha carimbada” naqueles rankings de melhores cidades para se morar. Terra de 603 mil pessoas conta com uma impressionante diversidade étnica e cultural. A chamada Hollywood do Norte é geograficamente privilegiada, pois de um lado está banhada pelo mar e de outro cercada por montanhas e florestas. Dica: chegue cedo e tome a linha turística que passa pelos principais pontos da cidade. Além de otimizar o dia, você retorna em tempo para ver o por do sol na rodovia Sea to Sky Highway, considerada uma das mais belas do mundo. Também é possível fazer o trajeto por shutlle e por trem na chamada rota Rain Forest to Gold Rush, que liga Vancouver, Whistler e Quesnel.